❤️ganhe 5% off em todo site. Use cupom: #paravoce

Isolamento Social | Como lidar? | Blog LeBlank

Isolamento Social | Como lidar? | Blog LeBlank

Tempo de leitura | 7 Minutos

São tempos complicados durante essa quarentena que o mundo está vivendo, principalmente para o Brasil, não há como negar. Se parássemos para pensar e dissermos para nós mesmos que 2020 começaria com o mundo sofrendo uma pandemia de coronavírus, claramente muitos não iam sequer acreditar.

O isolamento social atualmente já é uma realidade que está em muitos países. E claro para algumas pessoas o isolamento social não é algo fácil, para entrar  ou lidar com essa situação é preciso cuidar da saúde mental também. Então a pergunta que eu faço é; Como se adaptar ao isolamento social e cuidar também da sua saúde mental durante esse processo?

 

Primeiro temos que pensar que somos seres humanos né, por mais que nos esqueçamos a maior parte do tempo, alguns de no1s são mais frágeis que outros.

Deixando claro que não estamos sendo caçados por Et’s, bruxos ou qualquer outro ser sobrenatural que quer dominar a Terra e acabar com os seres humanos, mas estamos sendo atacados por um vírus mortal que sequer conseguimos ao menos enxergar, é um vírus que você pode pegar em qualquer lugar, hora ou dia.

Sim, esse é o nosso inimigo atual do mundo inteiro, o covid-19. E vamos falar sério, ele sequer bateu na porta para se apresentar, simplesmente consumiu todos os lugares que nós frequentamos. Ele veio sem dar as caras e está ai, contaminando mais e mais pessoas ao redor do mundo todo.

E com essa vinda repentina em vários países e lugares do mundo gerou consequências complicadas para todos nós, seres humanos. Eu não estou apenas abordando o grande número de mortes, que não deixa de ser uma das coisas horríveis que esse vírus causando, mas também dos efeitos nocivos que ela trouxe tanto na economia e das mudanças drásticas na rotina de toda uma população.

No Brasil por exemplo, em uma pesquisa feita pela Organização Mundial da Saúde, classificou o nosso país como o mais ansioso do mundo. Putz, se o Brasil é o pai1s mais ansioso do mundo, como vai ficar a situação durante o isolamento? Um caos?

Bom, este artigo tem  mais como objetivo de te falar que vai ficar tudo bem, encare ele como aquele abraço forte e gostoso, aquele abraço que diz, eu vou cuidar de você e você vai cuidar de outros também. Vamos falar sobre esse momento ruim pelo qual o Brasil está passando e claro vou dar umas dicas para você saber como preservar a sua saúde mental durante esse processo de isolamento!

 

E agora? Como vou cuidar da saúde mental durante a quarentena?

Ultimamente se tem falado muito sobre as consequências do isolamento social, no mundo inteiro. Assim como se tem falado que a quarentena vai prejudicar diretamente a nossa economia, o nosso comércio e, principalmente, pequenos e médios negócios, e não podemos deixar de fora o fator da saúde mental do ser humano.

Toda esta situação que estamos passando tem o poder afetar a saúde mental das pessoas, aumentando os nossos níveis de ansiedade, angústia e também fatores que não conhecemos em nós mesmos, incertos, que fazem com que nos sentimos inseguros com o que esta por vir, principalmente em casos como esse, de pandemia de nível mundial.

Infelizmente atualmente o pequeno, médio e grande empreendedor está apavorado com as contas para pagar, com acertos no banco para fazer, com o negócio não produzindo e por ai vai. O jovem que está na zona de risco está com medo de ter complicações de saúde na sua casa e está com medo de ir ao hospital. A senhora de idade está sofrendo por ficar sozinha em casa todos os dias, sem os filhos(as), sem os netos(as) ou sem a companhia de quem estava ali visitando-a sempre que podia.

Não da pra negar, é impossível negar mais, a verdade é só uma: todos vão sair perdendo alguma coisa durante esta crise que estamos. Simplesmente ninguém vai estar isento disso. A única diferença é que alguns sofrerão mais e outros sofrerão menos.

O que nós podemos fazer nessa hora é buscar amenizar esse sintoma de ansiedade ou de angústia, esses sentimentos que vem a tona a qualquer dia, e tentar viver de uma maneira mais saudável, refletindo sobre o que podemos aprender com toda essa triste realidade.

Então vamos lá, essas dicas ajudaram algumas pessoas e estarei repassando algumas, não quer dizer que todas vão funcionar com você, mas não custa tentar não é mesmo?! Lembre-se, mente saudável é mais importante que certas coisas.

  1. EVITE EXCESSO DE INFORMAÇÕES

isolamento-social-blog-leblank

Sim, isso é super verídico. Um dos principais fatores de quem possui ansiedade é o excesso de informação que a pessoa tem. Com a era dos Smartphones o excesso de informações se intensificou sobre nós nas redes sociais como Instagram e Facebook que lideram com informações incontroláveis e até mesmo Fake News com assuntos importantes. Em março de 2009, aconteceu a pandemia do H1N1, naquela época existiam sim os smartphones mas não tinham tanta importância como têm hoje.

O Brasil hoje é o quarto pais  onde o número de celulares passaram do número da população total. É um pouco chocante né?! Mas é verdade! Hoje no Brasil, há mais de 230 milhões de smartphones. E no mundo todo você sabe quanto? São mais de 5 bilhões de smartphones. Apenas isso.

Agora você entendeu o por que das pessoas ficarem muito angustiadas e com ansiedade, o excesso que temos de informação é inacabável, você não concorda? Mesmo se você está procurando tal informação, ela chega para você. O tempo todo estamos sendo sem parar bombardeados por notícias em tempo real, o que gera uma ansiedade muito grande sobre o que vai ser, o que vai acontecer ou o que vou fazer. As vezes essas informações fazem nós sofrermos antecipadamente.

Pode ter certeza que essa grande globalização está contribuindo para uma pandemia de pânico mundial, o que vai gerando um grande medo excessivo em nossa sociedade. Ah mas como eu vou ficar informado? Vou parar de me informar? Como vou saber o que está acontecendo? Calma, é claro que todos nós precisamos estar bem informados sobre o que está acontecendo, no entanto, temos que parar de ficar obcecados e sempre tomar cuidado com informações falsas, as famosas fake news.

A dica é que durante a quarentena, evite ler qualquer matéria na internet e sim procurar fontes confiáveis para se informar, fontes realmente seguras. Não precisa ficar o dia todo assistindo aos noticiários — apenas procure escolher um horário do dia para se informar e pronto. Se você buscar esse excesso de informações, noticias, a sua mente vai começar a pensar só aquilo o dia inteiro, criando uma angustia dentro de você, uma ansiedade do que pode ou não acontecer.

Durante a quarentena muitas pessoas não tem planos para o dia. Faça um planejamento semana, do dia. Trabalhe em algum projeto que você quer fazer, foque nos compromissos do seu trabalho, leia, crie hábitos saudáveis, se concentre se você estiver fazendo home office.

  1. ESTABELEÇA UMA ROTINA

quarentena-blog-leblank

Se você já está trabalhando com home office, mas tem algumas dúvidas sobre como criar essa rotina, aqui vai umas dicas.

Primeiro, estabeleça sim um horário para acordar todos os dias da semana, durante o final de semana, tenha o seu horário para dormir até quando quiser. Ter um horário para acordar e dormir vão estabelecer mente mais organizada, é não deixar você fazer tudo na hora que tem vontade em casa.

Acorde, tome um bom café da manhã para começar a sua rotina e por favor troque de roupa, coloque uma roupa que você se sinta confortável, mas não um pijama. Trabalhar de pijama pode ser uma medida pouco produtiva. E trabalhar em cima da cama, não é trabalhar, lembre-se. Procure se vestir com roupas confortáveis e criar um ambiente agradável para realizar as suas atividades.

Tenha um horário para começar, uma pausa de no máximo uns 30 minutos e uma hora para acabar. Se for possível para você, procure fazer algum tipo de exercício físico, você encontra ideias, canais no YouTube que podem te ajudar nesse requisito. Evite, é claro, ir à academia, lembrando. Que estamos em uma pandemia, veja outras opções. Caso tenha um jardim, por exemplo, você pode aproveitar para fazer algum tipo de exercício aeróbico, Yoga, correr — e uma dica boa é usar aplicativos que podem te ajudar nesse nicho como a Nike Training.

É nesse momento, dia-a-dia que você precisa aprender a encontrar um equilíbrio entre a sua vida profissional e a sua vida pessoal, caso contrário, você estará descuidando da saúde mental.

  1. FAZ TERAPIA? CONTINUE.

Atualmente muitos psicólogos estão melhorando o seu atendimento, inclusive nessa quarentena já estão migrando as sessões de terapia do consultório presencial para o online. Esta é uma medida recomendada para evitar o contágio do coronavírus e, ao mesmo tempo, cuidar da saúde mental.

Se você faz terapia, não deixe de fazer as sessões por conta do isolamento social. Converse com o seu psicólogo sobre a possibilidade da prática ser realizada online, pois isso é bom tanto para o profissional que não perde a sua renda, quanto para o indivíduo que continua saudável.

A terapia é essencial para te ajudar a lidar com o medo e pânico excessivos, portanto, não hesite em procurar um psicólogo ao menor sinal de problemas.

E para aqueles que ainda pensam que psicólogo é para gente doida, recomendo um para você mesmo e deixar de preconceito pois vai te ajudar a se auto conhecer e a equilibrar mais os valores da sua vida entra várias outras coisas positivas.

  1. ISOLAMENTO SOCIAL NÃO SIGNIFICA SE AFASTAR TOTALMENTE

isolamento-social-blog-leblank

Sim, estamos no isolamento social e afastado de algumas pessoas mas se afastar não significar não ter mais social nenhuma, nós vivemos em uma era em que a tecnologia é capaz de ajudar (e muito) a superar este momento.

Então imagine só como as pessoas em isolamento se sentiam anos atrás, sem WhatsApp, Instagram e Facebook para se comunicar com os amigos e familiares? E olha que estou falando bem antes do MSN! Do mesmo jeito que as redes sociais podem ser maléficas, elas tem benefícios também.

Use esse isolamento social para ligar para pessoas queridas que talvez esteja sozinhas também.

  • Ligue para os seus avós que talvez estão sozinhos em casa;
  • faça uma ligação por Skype com a sua amiga que não vê há muito tempo e que também está isolada;
  • marque uma chamada de vídeo com todos os seus primos ou amigos.

Essa pandemia do Covid-19 tem o poder de aflorar alguns sentimentos de abandono e também de rejeição, portanto, é importante se manter de alguma forma conectado às pessoas que você ama, que fazem parte do seu circulo. Sem contar que é uma ótima maneira de se distrair e passar o seu tempo.

  1. INVISTA NAQUELE SEU HOBBIE QUE VOCÊ NÃO TINHA TEMPO

Calcula quantas vezes você já reclamou de não ter tempo para fazer algo que gosta. Certeza que foram inúmeras vezes. O momento propicio para investir naquele hobby de pintar, desenhar, escrever, ler ou aprender a cozinhar é agora.

Agora você não pode mais dizer que não tem tempo, então desligue um pouco o celular e a televisão e dê atenção para algum hobbie. 

 

EMPATIA

É hora de pensar e perceber quantas vezes já não fomos egoístas em nossas vidas? Isso faz parte de nós, seres humanos e não podemos negar que as vezes nos tornamos egoístas.

Mas em uma pandemia mundial onde a maioria das pessoas estão em isolamento social não podemos deixar essa palavrinha feia estar no nosso vocabulário. É onde que uma palavra importante entra na nossa vida, empatia. Você sabia que nós nunca vivenciamos um momento tão crucial igual a esse em termos de pandemia, mortes aumentando a cada dia, infectados e etc.

Tenho certeza que muitos tem medo de contrair o coronavírus e transmitir para pessoas importantes como pais e avós. Quem é de grupo de risco tem medo de adoecer e infelizmente o pior acontecer. No final disso tudo, nós estamos todos juntos nesta história.

Essa pandemia mundial nos lembrou algo importante, nós somos frágeis, eu sou frágil, você é frágil, seus pai são frágeis, seus amigos são frágeis e por ai vai. Essa pandemia nos mostrou que se não colocarmos o outro em primeiro lugar também podemos perder e tenho certeza que não é isso que você quer.

Precisamos, mais do que nunca, nos colocarmos no lugar do outro. O meu medo é diferente do seu e diferente de uma pessoa que tem 70 anos. Então lembre que toda vez que você tomar a decisão fazer algo que possa aumentar o contágio, precisa pensar nesta pessoa ou aquela que esta na zona de risco.

Isso é ter empatia, pensar no próximo, pra mim pode ser uma gripe mas e o pro meu avô?

VOCÊ NÃO ESTÁ SOZINHO

Durante essa pandemia do coronavírus, procure positividade de pensamentos, o equilíbrio da mente e do corpo. Mas porque pensamentos positivos? Porque a grande causa desses pensamentos podem ser uma das causas da sua ansiedade. Então acorde, tome o seu café maravilhoso, faça um bom alongamento, foque na sua respiração, nos seus pensamento e agradeça por tudo, até pela luz do sol que ilumina a janela do seu quarto.

E durante o dia, afaste esses pensamentos ruins e não fique procrastinando o medo na sua vida. Converse com pessoas da sua família e com os seus amigos para desabafar, para rir ou expor seus sentimentos nesse momento. Você não está sozinho aqui, estamos todos juntos nesse grande barco. Tudo bem?!

 

Quer saber mais sobre Saúde, Corpo & Mente? Leia aqui em nosso blog este artigo sobre como o nosso próprio corpo pode se curar de doenças físicas.

Deixe um comentário

Observe que os comentários precisam ser aprovados antes de serem publicados

O que você está procurando?

Carrinho de compras